30/09/2021
Tendências do Mercado Imobiliário para 2022

Compartilhe

O mercado imobiliário para 2022 continua com boas perspectivas. Adquirir um imóvel segue sendo uma das formas de investimento mais procuradas por quem busca aumentar o patrimônio, aumentar renda ou sair do aluguel. Ainda, a necessidade do isolamento social, por conta da pandemia de COVID-19, resultou em pessoas passarem mais tempo em casa. Deste modo, gerou novas demandas e tendências nos projetos imobiliários.

O atual momento do mercado imobiliário

O mercado imobiliário é um dos poucos que continuam com boas perspectivas de melhoria para este e o próximo ano. A influência para isso vem da mudança de rotina das pessoas, que passam mais tempo em casa, seja na hora do lazer ou de trabalho. Além disso, o número de casamentos e separações também devem ser lembrados.

Outro ponto importante é o crédito imobiliário que mesmo com os aumentos consecutivos da taxa SELIC, continua apresentando excelentes oportunidades em se comparando a anos passados, onde a taxa SELIC era de dois dígitos. Por esse motivo, o mercado continua aquecido , pois o número de aquisição de imóveis destinados  à moradia aumentou (pela facilidade de crédito). Esse movimento também foi verificado para aquisições com o intuito de investimento (a taxa SELIC mais baixa tende a diminuir a rentabilidade de investimentos em renda fixa). Afinal, ter uma propriedade imobiliária ainda segue sendo uma das formas mais procuradas de investimento. Logo, essa tendência deve seguir ao longo de 2021 e 2022.

Ainda, a última pesquisa realizada pelo FIPEZAP mostrou que houve um aumento de 40% no número de compradores de imóveis nos últimos 12 meses. Contudo, a mesma pesquisa mostra que para aqueles que têm intenção de comprar imóveis nos próximos meses, houve uma pequena redução (queda de 5%). Há uma tendência de queda no apetite dos compradores de imóveis, porém, mesmo com essa tendência os números apontam o ano de 2022 como um ano promissor para o mercado imobiliário, 

As principais tendências nos projetos imobiliários

A necessidade do isolamento social para conter os impactos da pandemia de COVID-19 fez com que as pessoas passassem mais tempo em casa. Essa transformação nas rotinas pessoais é um ponto importante a ser observado dentro do mercado imobiliário. Nesse sentido, a procura por imóveis maiores (em área), com espaços para home office, tem sido a principal escolha dos consumidores. 

E porquê morar perto do trabalho, quando posso trabalhar diretamente da minha casa? Morar perto do trabalho não é mais uma prioridade na hora de escolher uma nova propriedade. Essa mudança surge a partir da chegada do trabalho híbrido ou totalmente remoto (em casa). Assim, as buscas por imóveis maiores, com espaços para home office, continuam aumentando. 

Tendências do Mercado Imobiliário para 2022

Com essas mudanças nas rotinas verificou-se a necessidade de atender novas demandas, gerando novas tendências do Mercado Imobiliário para 2022:

  • Espaços maiores com infraestrutura para o lazer: Antes da pandemia, havia uma grande busca por imóveis do tipo studio, com espaços pequenos e próximos aos grandes centros. Mas isso vem caindo, ficou no passado. A consolidação do home office e a consequente necessidade de um cômodo separado para trabalhar com conforto, fez com que a preferência de imóveis maiores vire tendência. Além disso, a necessidade de passar mais tempo em casa ajuda no aumento de buscas por casas e apartamentos com maiores infraestruturas para o lazer, como espaços com varandas, ambientes de compartilhamento social mais controlados, etc.
  • Processos mais tecnológicos e menos burocráticos: A utilização da tecnologia no mercado imobiliário é uma das principais tendências para os próximos anos, e a pandemia acabou auxiliando muito na velocidade que isso vem sendo entregue. Hoje verifica-se inovação, desde a visitação com o tour virtual, até a assinatura digital de documentos. Outra tendência é a diminuição das burocracias na contratação e a otimização do tempo. Como resultado, a locação digital se tornou uma excelente saída para o aumento da agilidade de contratos fechados, na redução de custos dos inquilinos, bem como, na lucratividade dos proprietários.
  • Empreendimentos mais sustentáveis: A sustentabilidade é um tema que vem ganhando mais espaço nos últimos anos. Afinal, será ainda mais valorizada dentro do mercado imobiliário. Desse modo, a busca por locais com espaços verdes, uso da tecnologia para economizar recursos naturais e o uso de materiais recicláveis serão mais impulsionados, sendo tendência certa para os lançamentos imobiliários. 

Como será o mercado imobiliário em 2022?

As estimativas dos analistas são bem otimistas. Investir em imóveis será um excelente negócio pelo menos até 2022. Mesmo com o aumento do número de desempregados no país nos últimos meses e a constante baixa nas projeções para a recuperação econômica nacional, o mercado imobiliário, que já vem apresentando recuperação este ano, deve se manter aquecido durante o ano de 2022. 

No entanto, existem algumas ressalvas sobre essas projeções: o mercado imobiliário possui características peculiares e o comportamento dos preços depende de muitas variáveis. De acordo com última pesquisa feita pelo FIPEZAP, com o mercado aquecido, a expectativa de alta para os preços dos imóveis cresceu. Além de já se verificar o aumento na percepção de que os preços subiram e isto pode atrapalhar um pouco os resultados esperados. Para analisar os resultados obtidos no mercado imobiliário, será fundamental acompanhar os índices macroeconômicos, como índices de inflação e taxa SELIC.

Sobre a Lidderar

A LIDDERAR é especializada na busca pela otimização da rentabilidade e da valorização do patrimônio imobiliário de seus clientes por meio da inovação aberta. Estuda o mercado e suas nuances de acordo com o momento vivido, para sempre buscar o melhor negócio. Qualquer dúvida sobre os temas aqui tratados, por favor, entre em contato conosco que estaremos totalmente disponíveis para lhe ajudar.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *