01/07/2021
Portabilidade Imobiliária

Compartilhe

Atualmente, a frase: “toda crise gera oportunidades” nunca fez tanto sentido. Estamos passando por um momento em que as taxas de juros estão em níveis baixos, fazendo com que financiamentos imobiliários estejam em condições excelentes. E uma notícia melhor ainda, depois das resolutivas que liberaram a portabilidade imobiliárias. Ou seja, portabilidade do financiamento entre instituições financeiras, podemos trocar nosso financiamento por uma proposta mais vantajosa.

O Dados apresentados pelo Banco Central (BC) mostraram que existem 570 mil financiamentos imobiliários adimplentes, com juros acima de 10% ao ano, que poderiam ser beneficiados com a renegociação e ajuda do mecanismo de portabilidade. Considerando um valor médio de 200 mil reais por contrato, esta é uma oportunidade que ultrapassa os 100 bilhões de reais. Com toda uma política macroeconômica voltada para combater a crise instaurada pela pandemia de COVID-19, o ano de 2020 bateu recorde de novos financiamentos e portabilidade de financiamentos imobiliários.

Falta acesso à informação

Antes de tudo, para muitas pessoas a grande dor na hora de comprar um imóvel é fazer o financiamento, por ser altamente burocrático e complexo. Logo, não distante dessa realidade, a portabilidade também acaba sendo lembrada como algo extremamente difícil de lidar. Até por causa disto, caso prefira não lidar com toda essa burocracia, existem empresas que te auxiliam no processo de portabilidade. Inclusive a LIDDERAR pode te ajudar neste processo – acesse https://simulador.credihome.com.br/lidderar .

Comparativo atual de condições para financiamento imobiliário

Em síntese, para uma portabilidade, precisamos buscar saber qual taxa estamos pagando em nosso contrato atual e comparar com outras instituições financeiras. Para isto, apresentaremos um comparativo de juros para financiamento de imóveis das maiores instituições financeiras. Há diversas outras instituições que também oferecem financiamentos, e lembre-se que as condições alteram o tempo todo.

Figura 1: Quadro comparativo referente a fevereiro de 2021.

Exemplos de como isto pode afetar seu bolso

Para exemplificar, vamos observar dois exemplos abaixo:

Além de avaliar os valores das parcelas, taxas de juros e tempo de contrato, recomenda-se que o interessado busque analisar o Custo Efetivo Total (CET) da transação, formado pelas diversas taxas, não somente as taxas de juros, como vistoria do imóvel, cobranças administrativas e seguro, por exemplo, e se atentar para correções previstas no contrato por índices de inflação, como o IGP-M e IPCA. Hoje há uma grande diferença entre os índices, então é necessário levar isso em consideração.

Tenho vontade de fazer a portabilidade imobiliária do meu financiamento, mas por onde começar?

O pedido de portabilidade imobiliária pode ser feito ao gerente da instituição para o qual se pretende migrar o crédito. Assim, a própria instituição entra em contato com o banco de origem para solicitar os dados do financiamento, que devem ser enviados no prazo de até cinco dias úteis.

Desse modo, a transferência envolve análise de renda completa, que avalia riscos, como o de inadimplência, podendo dificultar o poder de negociação com a instituição bancária. Com a pandemia de COVID-19, alguns processos estão levando mais tempo que o normal, mas nada que não torne a portabilidade imobiliária vantajosa.

Não esqueça de renegociar antes de realizar a portabilidade imobiliária

Antes de realizar a contratação da portabilidade é indicado conversar com a atual instituição para tentar renegociar as condições do contrato de financiamento. Tudo o que foi comprado nos últimos anos, independentemente das condições que foram financiadas, certamente, tem flexibilidade em taxas e prazos. Em grande parte dos casos, a instituição oferece ao cliente taxas melhores para que ele não faça a portabilidade. Afinal, hoje em dia ninguém quer perder cliente, inclusive os bancos.

Respondendo à pergunta inicial

Para quem tem pretensão de comprar um imóvel, seja para residência própria ou investimento. Ou já possui financiamentos imobiliários, precisa observar as condições atuais de mercado, que trazem oportunidades para serem avaliadas. Como mostramos aqui, existe uma vasta oportunidade de economia disponível.  Por isto, é altamente recomendado investir em imóveis ou reduzir custos de financiamento imobiliário. Já em 2021, este cenário tenderá a mudar e oportunidades como estas ficarão no passado.

Sobre a Lidderar

A LIDDERAR é especializada em trazer valorização e rentabilidade para seus clientes por meio da inovação aberta. Estuda o mercado e suas nuances de acordo com o momento vivido, para sempre buscar o melhor negócio.

Qualquer dúvida sobre os temas aqui tratados, por favor, entre em contato conosco que estaremos totalmente disponíveis para lhe ajudar e acesse https://simulador.credihome.com.br/lidderar e faça a sua simulação de financiamento, portabilidade ou crédito com seu imóvel como garantia.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *